1309

Em Seminário do TCU, presidente da Famesp mediará mesa redonda

[Cadastrada em: 24/05/2024 por Elaine de Souza - ACI Famesp. Texto e apuração: Leandro Rocha]


O Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross), o Tribunal de Contas da União (TCU), o Instituto Rui Barbosa, Conselho Nacional de Secretário da Saúde e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde promoverão nos dias 27 e 28 de maio, na Sede do TCU, em Brasília-DF, o seminário "Oportunidades e riscos do modelo de organizações Sociais da Saúde" . O diretor presidente da Fundação para o Desenvolvimento Médico e Hospitalar (Famesp), Antonio Rugolo Junior, participará do evento e mediará a mesa redonda: “Riscos para o Poder Público ao implementar o modelo de OSS”. 

O debate mediado por Rugolo ainda contará com a participação de Marcelo Chaves Aragão, auditor chefe da Unidade de Auditoria Especializada em Saúde do Tribunal de Contas da  União (TCU); Priscila Reinisch Perdicaris, secretária executiva da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e Fernando Ritter, secretário Municipal de Saúde de Porto Alegre (RS). 

O evento tem como objetivo debater questões relacionadas às oportunidades que o modelo de Organizações Sociais do terceiro setor pode trazer para o SUS, inclusive como uma forma possível de melhoria de eficiência desse sistema, e os desafios que esse modelo pode representar para a gestão e o controle.

Haverá transmissão, ao vivo, pelo YouTube:

 https://www.ibross.org.br/confira-os-links-e-acompanhe-pelo-youtube-o-seminario-oportunidades-e-riscos-do-modelo-de-oss/ 

Sobre o Ibross

O Instituto Brasileiro das Organizações Sociais de Saúde (Ibross) é a entidade nacional representativa das Organizações Sociais de Saúde (OSS), instituições filantrópicas do terceiro setor, sem fins lucrativos, responsáveis pelo gerenciamento de serviços de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) em todo o país, em parceria com secretarias municipais e estaduais de saúde.

Desde sua criação em 10 de abril de 2015, tem como objetivo disseminar o modelo de gestão de equipamentos de saúde como hospitais, ambulatórios, postos de saúde, unidades de pronto atendimento, clínicas de especialidades e serviço de atendimento móvel de urgência, realizado por meio de parcerias firmadas entre as organizações sociais e o poder público.

Sobre a Famesp

Desde julho de 2011, a Famesp é qualificada como Organização Social de Saúde e mantém parcerias diretas com o Governo do Estado de São Paulo para gerir serviços de saúde, por meio de contratos de gestão. Atualmente, por esse modelo, a Famesp é responsável pela gestão de três Ambulatórios Médicos de Especialidades (em Bauru, Itapetininga e Tupã-SP), quatro hospitais públicos estaduais (Hospital Estadual de Bauru, Hospital Manoel de Abreu, Hospital de Base de Bauru e Maternidade Santa Isabel, todos sediados em Bauru-SP) e do Serviço de Reabilitação Lucy Montoro de Botucatu.